Aprenda a cuidar da alimentação no Verão

18:13:00 Grupo Influenciar 0comentarios

Por Dra. Tamara Mazaracki

Alimentação adequada é fundamental para saúde do corpo

verao-alimentacaoNutrientes para a pele
Alimentação e hidratação adequadas são importantes porque a pele desidratada e desprovida de antioxidantes é mais suscetível ao ressecamento e ao dano causado pela ação da radiação solar. Durante o verão, na praia ou em casa, procure ingerir mais água mineral, água de coco e suco de frutas, ricos em vitaminas e minerais com ação antioxidante, ajudando a proteger a sua pele.
Frutas cítricas preservam o colágeno
Laranja, limão, maracujá, acerola e morango são ótimas fontes de bioflavonoides e vitamina C, antioxidantes que ajudam a preservar as fibras de colágeno e elastina, responsáveis pela firmeza e elasticidade do tecido cutâneo.
Defenda-se com carotenóides
Comer uma cenoura diariamente, tomar suco de beterraba e caprichar em saladas com folhas verde-escuras, ajuda a produzir um bronzeado bonito e duradouro devido aos carotenóides contidos neles.
Há mais de 600 pigmentos carotenóides encontrados em frutas e vegetais de cor verde, vermelha, laranja e amarela. Estes carotenóides são produzidos pelas plantas como uma forma de defesa à radiação solar e nós também nos beneficiamos de sua ação antioxidante e protetora do DNA celular.
Estudo bacana – folhas verdes
Em um estudo publicado na revista científica Nutrition & Healing os pesquisadores revelaram que alguns alimentos e suplementos fazem parte do que chamaram de “grupo de reparação do DNA”, e que as pessoas que se expõem muito ao sol deveriam consumi-los para prevenir o fotoenvelhecimento e o câncer de pele. Além das vitaminas C e E, que aliviam o stress causado à pele pelo sol, o ácido fólico desempenha importantíssimo papel na proteção cutânea. Ele é rapidamente destruído pelo calor, frio e exposição solar, e é um fator essencial para a reparação do DNA celular. Assim como os carotenoides, ele é encontrado em folhas verde-escuras (espinafre, couve, agrião, rúcula, etc…), e também no melão, melancia, leite, salmão, germe de trigo e levedo de cerveja. Então vale a pena investir nestes alimentos e proteger a sua pele.
Proteínas e carboidratos
Além dos alimentos citados, ou seja, muita fruta, salada, legumes no vapor, deve se investir em carne e frango grelhado, muito peixe, grãos e cereais integrais, que complementam a dieta ideal. Ovos e iogurte também não devem faltar. Todos eles estarão suprindo o corpo com nutrientes que vão ajudar na fotoproteção.
Sinal vermelho
Devido às altas temperaturas da estação, é importante evitar a ingestão de alimentos salgados, pesados e gordurosos (tipo feijoada), frituras, queijos salgados, embutidos tipo salame, pois a digestão se torna mais lenta com o calor. Além disso, poderá ocorrer retenção hídrica com inchaço e mal-estar generalizado. Deve-se optar sempre por alimentos leves e de fácil digestão, como frango e peixe grelhado, saladas, legumes e frutas em abundância. Maionese é outro item proibido porque se deteriora rapidamente e pode causar uma intoxicação alimentar.
Água
O risco de desidratação aumenta muito no verão. O calor intenso da estação faz com que haja aumento da sudorese para baixar a temperatura corporal. Ou seja, o calor excessivo é controlado pela evaporação do suor. Se você permanecer em repouso durante 24 horas, mesmo assim estará perdendo 1000 ml de água através da perspiração insensível, sendo que 400 ml pela respiração e 600 ml pela pele. Quando você se exercita ou se expõe ao sol e vento na praia ou piscina, esta perda aumenta consideravelmente. Se não houver uma reposição adequada de liquido e sais minerais pode ocorrer uma desidratação. A quantidade indicada é de 2 a 3 litros de líquidos (água de preferência, mas nesta conta também entra água de coco, chás gelados, mate e sucos).

Por Dra. Tamara Mazaracki, http://www.buscasaude.com.br/